Cinema

05-09-2010 18:26

Olga Benário

Moda de filmes espíritas

Uma mega produção assinada por Fox Filmes, Globo Filmes e Cinética, segue a onda de filmes brasileiros com tema espírita. Nosso lar, dirigido e roteirizado por Wagner de Assis, é baseado na obra homônima, psicografada por Chico Xavier, representante espírita mais conhecido no país. O longa chegou às telonas no dia 3 de setembro, rodeado de muita expectativa pelo público geral.

Na ordem em que estrearam, tem-se Bezerra de Menezes – O diário de um espírito, em 2008, e Chico Xavier, da Globo Filmes, em abril desse ano, comemorando o centenário do médium. Após Nosso Lar, a intenção é rodar também Mensageiros e Missionários da Luz, livros do mesmo autor, dando sequência à saga de André Luiz, personagem principal.

Nosso Lar - curiosidades da história e da produção

A narrativa de André Luiz começa quando a maioria tem fim, após sua morte. Ele, médico brasileiro de classe média, bastante conhecido por seus feitos, vê-se fora do mundo dos “vivos” e descobre que a vida continua...

Há boatos de que André, na verdade, foi Carlos Chagas (observando o personagem do filme e a foto do médico, que fica dentro do hospital com seu nome, no Rio de Janeiro, é de se acreditar que seja verdade). Mesmo assim, o ator que interpreta o personagem principal, Renato Prieto, diz não poder confirmar a afirmação, por cláusula no contrato, mas dá vários indícios de que seja mesmo.

Prieto já fez TV, cinema, é diretor e tem o recorde de platéia no teatro, onde fez e faz várias peças, principalmente de cunho religioso. Por ter “uma certa” renda familiar, diz reverter todo o empenho, trabalho e boa parte do dinheiro que arrecada com a venda dos ingressos para fazer ainda mais teatro.

Em entrevista, para jovens espíritas, o ator fez algumas confissões sobre o filme. Ele disse que, apesar de ter a mesma religião de Chico Xavier, nas gravações ele era ator e não espírita. “Eu consegui o papel por força de vontade. Quando se quer uma coisa, se faz, se consegue”.

O ator conta que um dos requisitos para que ele fosse escolhido para o filme era que perdesse 20 quilos, em poucas semanas. Como estava em seu peso ideal, ao perder 18, já o aceitaram. Foi preciso até mesmo hibernar para conseguir a façanha em três semanas, obviamente com acompanhamento médico.

Para toda a equipe, as cenas mais difíceis foram as do Umbral (lugar assemelhado ao inferno da igreja católica), primeiro local onde André, já desencarnado, passa. “Eu estava mais fraco por causa do peso, a temperatura era próxima de 0, estávamos no Canadá. O vento era de 80 km/h e para me proteger, os outros atores fizeram uma barreira, com seus próprios corpos.” Narra o ator, com orgulho do companheirismo dos colegas de equipe.

Nosso Lar foi filmado, parte no Brasil, parte no Canadá, com equipe técnica dos dois países e dos Estados Unidos, onde foram feitos a maioria dos efeitos especiais. A música tema foi composta especialmente para o filme e interpretada pela Orquestra Sinfônica Brasileira – OSB, o que é dificílimo de acontecer. Diferentemente dos filmes anteriores, Nosso Lar será lançado em todo o mundo.  

 

Ficha técnica

•título original: Nosso Lar
•gênero: Drama
•duração: 01 h 50 min
•ano de lançamento: 2010
•site oficial: http://www.nossolarofilme.com.br
•estúdio: Cinética Filmes e Produções
•distribuidora: Fox Filmes do Brasil
•direção: Wagner de Assis
•roteiro: Wagner de Assis, baseado em livro de Chico Xavier
•produção: Iafa Britz
•música: Philip Glass
•fotografia: Ueli Steiger
•direção de arte: Lia Renha
•figurino:Luciana Buarque
•edição:Marcelo Moraes
•efeitos especiais:Intelligent Creatures

  

Assista ao trailer e ao making-of

 

Voltar

Procurar no site

© 2007 Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução parcial ou integral de imagens ou textos do Modismo, bem como a marca e o nome.